Uma Furtiva Lágrima

Marise Ribeiro
 


Brotou, quase sem querer,
Para a efêmera liberdade:
Dor cristalina, desamparada...
Timidamente deslizou,
Esgueirando-se pelas trilhas da face,
Como se procurasse um disfarce...
Entrou pelos lábios trêmulos,
Amargou a escuridão da boca
E se dissipou para sempre
No oceano tormentoso
Dos sentimentos...


07/08/09





 



 

 



 
 

Para receber nosso
Boletim de Atualizações
cadastre seu e-mail

AQUI

Gostaria de traduzir
esta página?
Então clique

AQUI



 

 

  Site Editado em Maio de 2006
 Copyright
© 2006 - Marise Ribeiro
 Todos os direitos reservados.
 Proibida a cópia total ou parcial deste site.
 
 
 Quando não constar qualquer observação
 sobre a autoria das imagens usadas neste site,
 considere que foram capturadas na Internet
ou em grupos de trocas virtuais,
 sendo portanto de uso sem restrições.
 
 Visualização Padrão 1600x900

Webdesigner Drica Del Nero até Maio de 2011

Webdesigner Marise Ribeiro

Página inserida em Agosto de 2009
e reformatada em Julho de 2013.

Créditos
Midi Francisco Tarrega - Lagrima