Rio de Janeiro

Marise Ribeiro



Minha cidade, feitiço urbano do qual me ufano,
diversidade nos encontros de gente e natureza,
rara beleza!
Nobreza de prédios abraçados pelo mar,
num beijar de areia serpenteando saliências...
Maledicência na avenida da vida,
bandida e trancafiada pelo medo.
Rio de Janeiro,
canteiro de encantos e desencantos,
do sol que brilha cedo,
de tudo que vira enredo:
Carnaval, futebol, samba,
MPB, funk, pagode...
Carioquice cantada em ode.
Cidade que borda suas mazelas
em uma colcha verde com luzes de favelas.
Rio antigo, descascado, abandonado,
pichado, modificado a toda hora
por bocas que o teu sabor devoram.
Rio moderno, brejeiro, fraterno,
de peles sempre douradas, quase sem inverno.
Rio do lixo, desleixo, vans, camelôs...
Relevos e enlevos que o poeta cantou.
Rio que lança moda,
irreverência que a muitos incomoda.
Rio que é de janeiro, nasceu em março
e cresce o ano inteiro.
Rio da menina com graça e do pivete em desgraça,
Rio dos subúrbios, do trem que vai além,
do "bonde" no asfalto, assalto, "- Perdeu!"
Rio que não é seu e muito menos meu,
Rio que adormeceu.
Rio do céu sempre aberto ao azul-sorriso,
do falar de improviso,
Rio afirmativo e negativo,
Rio, aquele em que vivo

e de que tanto preciso.
Ainda que estejas em agonia,
que deixes de ser o cartão-postal do Brasil,
ainda que te maculem a fotografia,
Rio de Janeiro, meu amor primeiro,
serás a minha eterna poesia!


19/08/06






 



 

 



 


 
 

Para receber nosso
Boletim de Atualizações
cadastre seu e-mail

AQUI

Gostaria de traduzir
esta página?
Então clique

AQUI



 

 

  Site Editado em Maio de 2006
 Copyright
© 2006 - Marise Ribeiro
 Todos os direitos reservados.
 Proibida a cópia total ou parcial deste site.
 
 
 Quando não constar qualquer observação
 sobre a autoria das imagens usadas neste site,
 considere que foram capturadas na Internet
ou em grupos de trocas virtuais,
 sendo portanto de uso sem restrições.
 
 Visualização Padrão 1600x900

Webdesigner Drica Del Nero até Maio de 2011

Webdesigner Marise Ribeiro

Página inserida em Setembro de 2006
e reformatada em Julho de 2013.

Crédito
Midi Samba do Avião