Retrato do Desencontro

Marise Ribeiro



Bato as asas em retrocesso
E voo a um passado distante,
Quando revejo aquele retrato
Do tempo que éramos amantes.

Sinto ainda no ar o aroma do desejo
De nossos corpos exalando atração...
Trago viva a essência do teu beijo
E o calor abrasador da tua mão...

Se os gestos não se tornaram toscos,
As emoções não chegaram a se apagar,
Nem sequer arrefecemos o gostar...
O que terá acontecido conosco?

Será que apenas nos perdemos no tempo?...
Quem sabe é o mesmo tempo decorrido,
Que deixou aquele retrato desbotado
E o nosso amor ali aprisionado?...


22/06/05
Reescrito em 10/06/08







 



 

 



 


 
 

Para receber nosso
Boletim de Atualizações
cadastre seu e-mail

AQUI

Gostaria de traduzir
esta página?
Então clique

AQUI



 

 

  Site Editado em Maio de 2006
 Copyright
© 2006 - Marise Ribeiro
 Todos os direitos reservados.
 Proibida a cópia total ou parcial deste site.
 
 
 Quando não constar qualquer observação
 sobre a autoria das imagens usadas neste site,
 considere que foram capturadas na Internet
ou em grupos de trocas virtuais,
 sendo portanto de uso sem restrições.
 
 Visualização Padrão 1600x900

Webdesigner Drica Del Nero até Maio de 2011

Webdesigner Marise Ribeiro

Página inserida em Junho de 2008
e reformatada em Julho de 2013.

Crédito
Midi Ernesto Cortazar - Anonymous Romance