Desalento a Dois

Marise Ribeiro



Que mistério cerca tua angústia,
se dela não falas?...
Calas quando o assunto é saudade,
marejas os olhos ao fixares o infinito do mar...

Que dor é essa que te cristaliza as palavras
e nem te deixa ouvir a melodia do amanhecer
entrando pela janela?...

Apatia incômoda,
afundando os sonhos no pântano da incerteza...
Melancolia indigesta,
oprimindo o desejo de descobrir o prazer...

Gestos não lapidados pelo silêncio da carícia,
imperícia no viver e no crer...
Afinal, que mal é esse que não te permite me ver?


18/05/07





 



 

 



 


 
 

Para receber nosso
Boletim de Atualizações
cadastre seu e-mail

AQUI

Gostaria de traduzir
esta página?
Então clique

AQUI



 

 

  Site Editado em Maio de 2006
 Copyright
© 2006 - Marise Ribeiro
 Todos os direitos reservados.
 Proibida a cópia total ou parcial deste site.
 
 
 Quando não constar qualquer observação
 sobre a autoria das imagens usadas neste site,
 considere que foram capturadas na Internet
ou em grupos de trocas virtuais,
 sendo portanto de uso sem restrições.
 
 Visualização Padrão 1600x900

Webdesigner Drica Del Nero até Maio de 2011

Webdesigner Marise Ribeiro

Página inserida em Junho de 2007
e reformatada em Julho de 2013.

Créditos
Mask Aditas Créations
Midi Silêncio