Ilumina-te!
(À Poeta Zena Maciel)

Marise Ribeiro

 


Na escuridão das tuas angústias,
busca o sorriso da fantasia...
Não tateies em vão teus instintos,
apenas os ilumina com teu encanto...
Verás que a flor brotará na aridez do breu,
trazendo-nos todo o valor teu...
Engravida tuas metáforas,
rega as palavras embrionárias,
planta a alegria e a dor,
deixa-as germinarem
e unidas se voltarem,
para roubar do sol o seu fulgor...
Não deixes o lodo do poço
enlamear teus olhos do sentir.
Tira a venda da dúvida
que te encobre o dia,
abre a porta para a imensidão da magia,
e a luz da vida
te ofertará a grandiosidade da poesia.



28/03/07

 

criação: denise moura

 

 

 

 

 

  Anterior    

  Próxima   

Home

Índice



 
 

Para receber nosso
Boletim de Atualizações
cadastre seu e-mail

AQUI

Gostaria de traduzir
esta página?
Então clique

AQUI



 

 

  Site Editado em Maio de 2006
 Copyright
© 2006 - Marise Ribeiro
 Todos os direitos reservados.
 Proibida a cópia total ou parcial deste site.
 
 
 Quando não constar qualquer observação
 sobre a autoria das imagens usadas neste site,
 considere que foram capturadas na Internet
ou em grupos de trocas virtuais,
 sendo portanto de uso sem restrições.
 
 Visualização Padrão 1024x768

Webdesigner Drica Del Nero até Maio de 2011

Webdesigner Marise Ribeiro

Página inserida em maio/09

Crédito
Midi Raul Di Blasio - Te Quiero