Amor ao Entardecer
(Ao Meu Amor Gilberto)

Marise Ribeiro

 




Nosso amor já começou maduro,
Mas tão intenso como um amor juvenil.
Fomos, pouco a pouco,
Descobrindo nossos atalhos,
Domando nossos desejos
Até chegarmos a ser um só.
Convivemos com nossas diferenças,
Como o mar que entende a maré,
Como a lua que sabe a hora de se retirar,
Como a andorinha que sabe a hora de emigrar.
Juntos, já vivemos alegrias e decepções:
Decepções que nos fortaleceram
E alegrias que nos tornaram inseparáveis.
Juntos, pisamos em pedras seculares,
Alimentamo-nos de história,
Caminhamos por várias culturas
E voamos tudo novamente na memória.
Assim vamos vivendo e nos completando...
... E quando chegar a hora da despedida,
Um de nós dirá um "até breve"
Ao amor de toda a vida!


09/04/05

 



 

 

   Anterior     

    Próxima



 
 

Para receber nosso
Boletim de Atualizações
cadastre seu e-mail

AQUI

Gostaria de traduzir
esta página?
Então clique

AQUI



 

 

  Site Editado em Maio de 2006
 Copyright
© 2006 - Marise Ribeiro
 Todos os direitos reservados.
 Proibida a cópia total ou parcial deste site.
 
 
 Quando não constar qualquer observação
 sobre a autoria das imagens usadas neste site,
 considere que foram capturadas na Internet
ou em grupos de trocas virtuais,
 sendo portanto de uso sem restrições.
 
 Visualização Padrão 1024x768

Webdesigner Drica Del Nero até Maio de 2011

Webdesigner Marise Ribeiro

Página inserida em Maio/2009
e reformatada em Janeiro/2014

Créditos
Narah Mask 0559
Midi Andre Gagnon - True Love