véus...
M.Flores (Millie)




enquanto me dispo dos véus
dissipam-se as sombras
e revelo-te um sonho de amor...

enquanto a ilusão persiste
desfolho-me inteira
no jardim desta paixão...

enquanto o silêncio me sufoca
a brisa do mar me chama
e eclode em furacão...

enquanto o tempo urge
deixo-te minhas letras
em versos inacabados...

e se um fio de vida houver
e a saudade indomada permanecer
estarei te amando até o tempo fenecer...



SC 28/06/2007

 

Véus...
Marise Ribeiro




Trago sombras no olhar,
embaçando o amanhã
de uma renovação...

Escondo palavras novas
com receio de que percam
a beleza da espontaneidade...

Enluvo gestos
com a dureza do aço,
para que não se deixem voar...

Cubro a pele de trevas,
renegando ao sol
o abraço acolhedor...

E o coração,
em total escuridade,
não se descortina ao amor...



28/06/08


 


 

 

 

  Anterior    

  Próxima   

 

 
 

Para receber nosso
Boletim de Atualizações
cadastre seu e-mail

AQUI

Gostaria de traduzir
esta página?
Então clique

AQUI


 

 

  Site Editado em Maio de 2006
 Copyright
© 2006 - Marise Ribeiro
 Todos os direitos reservados.
 Proibida a cópia total ou parcial deste site.
 
 
 Quando não constar qualquer observação
 sobre a autoria das imagens usadas neste site,
 considere que foram capturadas na Internet
ou em grupos de trocas virtuais,
 sendo portanto de uso sem restrições.
 
Visualização Padrão 1600x900

Webdesigner Drica Del Nero até Maio/2011

Webdesigner Marise Ribeiro

Página inserida em Agosto/2008
e reformatada em Outubro/2013

Créditos
Tubes Annabr e Aclis
Tutorial Meetjesplekje
Midi Non Dimenticar