"Escultura"
J.G. de Araujo Jorge
 


Estranho que Deus te esculpisse
como uma obra de arte, perfeita,
- tu que serias a eleita-
e só depois te entregasses a mim,
às minhas mãos de escultor...

Talvez faltasse ao teu corpo de estátua,
perfeito,
o sopro mágico da vida, o efeito
mágico do amor...

Talvez, por isso, quando tenho
contra o meu, teu corpo
belo,
quando te modelo,
- me sinto o Criador!



(In A Sós... 1958)

 



 

Cirandinha "Teu Corpo"

Poetas Participantes

 

1 – Marise Ribeiro
2 – José Ernesto Ferraresso
3 – Anna Peralva
4 – Maria Thereza Neves
5 – Tere Penhabe
6 – Naidaterra

  7 – Ana Maria Brasiliense
  8 – Anna Muller
  9 – Efigênia Coutinho
10 – Luiz Poeta
11 – Socorro Lima Dantas
12 – Cida Valadares


 


1 - Teu Corpo...
Marise Ribeiro


Doce estrada de mistérios
em segredos perdidos,
onde a ilusão derrapa!

29/02/08




2 - Teu corpo...
José Ernesto Ferraresso


Movimentos ondulantes,
direção de mistérios,
onde as mãos deslizam!

09/08/08
www.joseernesto.com




3 - Teu corpo...
Anna Peralva


Suado em minhas mãos
que deslizam buscando pecados,
fonte inesgotável de paixão...

21/08/2008




4 - Teu corpo...
Maria Thereza Neves


Escorregando na pele
incendiando poros
acordando doces lembranças...

21/08/08





5 - Teu corpo
Tere Penhabe


Paisagem no coração,
Pintada pelas mãos da tua alma:
Para mim, perfeição!

22/08/2008




6 - Teu Corpo...
Naidaterra


É a minha doce tenda
feita de véus transparentes,
macios, perfumados... escorregadios...





7 - Teu corpo...
Ana Maria Brasiliense


onde morri de paixão,
naveguei, explorei, me fartei.
Nele deixei perfume do meu e disse: ADEUS!

Santos 22/08/2008




8 - Teu Corpo...
Anna Müller


Que me vicia;
me aquece na madrugada,
me enlouquece na fantasia.

24/08/08




9 – Teu Corpo
Efigênia Coutinho


Teu corpo quando
recebe o meu
é qual a Mãe Natureza!




10 - Teu corpo...
Luiz Poeta


Forma sensual em movimento
Pisando o êxtase das minhas trôpegas retinas
Prazerosamente luminosas.

Luiz Gilberto de Barros
Às 21 h e 6 min do dia 24 de agosto de 2008 do Rio de Janeiro,
para a Cirandinha " Teu corpo ", do Cenário dos Sentimentos,
de Marise Ribeiro





11 - Teu Corpo...
Socorro Lima Dantas


Foi em teu corpo sedutor,
que eu deixei todo o meu amor,
são lembranças que o tempo não apagou.

24/08/2008




12 - Teu corpo...
Cida Valadares


Doce estrada, terno caminho...
Quando me aconchegas, entre teus braços...
Tu és meu ninho!






(a revisão dos textos é da responsabilidade de cada autor)

 

 
 
 
 
 

      Anterior   

     Próxima

 

Home

Índice



 
 

Para receber nosso
Boletim de Atualizações
cadastre seu e-mail

AQUI

Gostaria de traduzir
esta página?
Então clique

AQUI



 

 

  Site Editado em Maio de 2006
 Copyright
© 2006 - Marise Ribeiro
 Todos os direitos reservados.
 Proibida a cópia total ou parcial deste site.
 
 
 Quando não constar qualquer observação
 sobre a autoria das imagens usadas neste site,
 considere que foram capturadas na Internet
ou em grupos de trocas virtuais,
 sendo portanto de uso sem restrições.
 
 Visualização Padrão 1600x900

Webdesigner Drica Del Nero até Maio de 2011

Webdesigner Marise Ribeiro


Crédito
Midi Eduardo Lages - Cavalgada